As vantagens da terceirização e da assessoria de cobrança

 Por Celso Fernandes

 

Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, abalou o mundo corporativo ao proferir a seguinte frase: “Faça o que você faz de melhor e terceirize o resto”.

Eram meados dos anos 90 e a Internet tinha trazido uma velocidade de informação nunca antes vista.

Drucker compreendeu que o tempo se tornaria cada vez mais escasso e, portanto, precioso demais para ser desperdiçado com tarefas que não fossem o core business (negócio principal) da empresa.

Dessa forma, o modelo da empresa centralizadora estava com os dias contados. Drucker inclusive argumentava que nenhuma organização seria capaz de alcançar excelência em todos os setores e, então, para isso, teriam que encontrar outras empresas que fossem “parcerias estratégicas”.

As multinacionais entenderam o recado e a terceirização acabou difundida em todo mundo.

Hoje, é possível encontrá-la em quase todos os segmentos. Infelizmente, a maioria dos gestores acredita que a terceirização é apenas uma forma de reduzir o custo da mão de obra (e é claro que isso deve ser um dos objetivos), mas enxergá-la somente sob esse prisma pode custar muito caro.

No momento em que uma empresa decide terceirizar um setor, a busca deve ser por uma parceria que possua o know-hownecessário, bem como os profissionais especializados que a contratante não disponha em seu quadro de funcionários.

Com um mercado cada vez mais exigente, ter o apoio de especialistas em setores-chave, é fundamental para manter o foco na atividade principal, além do fato de que se a instituição deseja crescer, também encontrará na terceirização uma maneira de fazê-lo sem o inchaço acarretado pela expansão.

Recentemente, publiquei um artigo intitulado A IMPORTÂNCIA DA COBRANÇA ESPECIALIZADA, em que destaquei que uma cobrança mal conduzida poderia até conseguir receber a dívida, porém grande era a chance de perder definitivamente o cliente, o que não acontece quando há uma competente Assessoria de Cobrança por trás, porque um profissional especializado saberá respeitar todas as etapas da negociação.

Uma Assessoria de Cobrança qualificada possui experiência, técnica e competência para a função.

Ainda que o empresário opte por manter determinado setor e investir em tecnologia e treinamento, provavelmente não acompanhará a evolução constante do segmento de atendimento ao cliente, ao contrário da Assessoria que consegue se atualizar com rapidez porque tem na cobrança sua atividade-fim.

Outro motivo que favorece a terceirização da cobrança é a volatilidade do setor, o qual sofre o impacto direto da economia, exigindo tempo e dinheiro da empresa para aumentar ou diminuir a equipe de acordo com a necessidade. Entretanto, esse cenário muda quando existe uma Assessoria de Cobrança por trás, a qual sempre suprirá a demanda necessária.

Saliente-se que todas essas vantagens não isentam a empresa contratante de trabalhar em conjunto com a terceirizada.

Uma recente pesquisa americana, realizada pela Universidade do Tennesse, apontou que os melhores cases de terceirização são aqueles em que as empresas trabalhavam de forma conjunta, tendo em vista um único objetivo.

No caso da cobrança, a finalidade é receber o ativo, entretanto nenhum ativo é tão importante quanto o cliente.

Por isso, é primordial que a Assessoria de Cobrança consiga entender e contribuir para o amadurecimento cultural da organização que a contratou, exatamente como disse Peter Drucker: "A cultura devora a estratégia no café da manhã.” Ou seja, se a cultura da empresa não é a de valorizar o cliente, não há estratégia que funcione efetivamente a longo prazo, pois não existe melhor forma de prestigiar o cliente do que possuir empresas especialistas em cada setor.

Enfim, terceirizar áreas que não dominamos, para que sejam desenvolvidas com excelência, não é apenas uma forma de economizar, mas também uma estratégia altamente eficaz para o fortalecimento e crescimento de uma marca.